A Câmara de Barra Mansa aprovou por unanimidade o projeto de lei do vereador Marcelo Borges da Silva que regulamenta o serviço funerário na cidade.  O projeto determina que o executivo, por meio da Funerária Municipal,  seja o único responsável  pelo comércio, execução e ornamentação de caixões e urnas mortuárias e  pela remoção e traslado de cadáver. De acordo com o vereador Marcelo Borges, o projeto de lei tem por objetivo evitar a exploração de um momento de dor da população.

-Muitas pessoas assumem um compromisso financeiro no momento de dor, sem ter condições para tanto. Quem tem dinheiro, vai lá e paga, mas quem não possui condições financeiras no momento, principalmente porque a morte acontece sem qualquer aviso, fica à mercê de funerárias privadas. Se você colocar uma funcionária privada para competir com uma pública, essa vai quebrar e ainda prejudicar o atendimento ao cidadão necessitado. – afirma o vereador.

O vereador ressaltou que o objetivo da Funerária Municipal é prestar atendimento à população da cidade.

-A administração pública não deve visar lucro, ela tem que prestar serviço ao cidadão. O lucro da Funerária Municipal deve ser revertido à população que não possui condições financeiras de arcar com o sepultamento digno de seu familiar. E a funerária dá lucro e muito – justificou o vereador.

O projeto permite o funcionamento de outros cemitérios no município, sem que realizem os serviços funerários discriminados, principalmente a comercialização de urnas e caixões. Para entrar em vigor, o projeto precisa ser sancionado pelo executivo municipal, no prazo de 15 dias.

::: Sessões da Câmara

14 Nov 201809:00AM -
Sessões - Novembro/2018
13 Nov 201807:00PM -
Sessões - Novembro/2018
12 Nov 201809:00AM -
Sessões - Novembro/2018

::: Contato

(24) 3322-2652
(24) 3322-3752