O presidente da Câmara de Barra Mansa, vereador Leiteiro,  questionou o pagamento à empresa Salutar pelo Fundamp do valor de R$750 Mil três dias depois do anúncio do contrato. Leiteir

- A gente não pode se cansar de fiscalizar o uso do dinheiro público. Venho à tribuna trazer mais uma denúncia, desta vez a respeito do Fundamp, que teria resolvido em parte seus problemas através da contratação da empresa Salutar. No dia primeiro de abril, a empresa Salutar começou a prestar serviço ao Fundamp, pelo valor mensal de R$ 612 mil, entretanto, três dias após, recebeu do fundo de assistência a quantia de R$750 mil. A que se refere este pagamento? Gostaríamos de esclarecer esta questão para não termos que encaminhar mais um documento ao Ministério Público. Quando foi cancelado o atendimento pela Santa Casa, o argumento era de que o Fundamp não tinha dinheiro, e agora realiza uma contratação quase no valor da dívida com o hospital – questionou Leiteiro.

O presidente ressaltou que muitos funcionários estão satisfeitos com o atendimento realizado pela empresa Salutar, mas são necessárias explicações sobre os pagamentos realizados à empresa. O líder do governo, vereador Vicente de Paula Ferreira Júnior, o Pissula, se comprometeu a levar o gestor do Fundamp à Câmara para os devidos esclarecimentos, acerca da questão apontada pelo presidente.

O presidente denunciou, ainda, a não reparação de calçadas pelo SAAE, conforme determina lei municipal 3232/2001. De acordo com a lei, a autarquia tem o prazo de sete dias para recuperar o pavimento de ruas e calçadas após a realização de obras e reformas. 

::: Sessões da Câmara

21 Nov 201907:00PM -
Sessão
20 Nov 201909:00AM -
Sessão
19 Nov 201907:00PM -
Sessão

::: Contato

(24) 3322-2652
(24) 3322-3752