Os vereadores de Barra Mansa se reuniram na segunda-feira (28) com representantes da Comissão de Saúde da Subseção da OAB, Cleicione do Nascimento Viana e Thiago Rocha. A reunião foi solicitada pelo presidente da OAB, Noé Garcéz, para a entidade obter informações sobre a Saúde do município.

A advogada Cleicione do Nascimento Viana, membro da Comissão de Saúde da OAB, esclareceu que a entidade solicita esclarecimentos acerca d o estado da saúde no município e, portanto, solicitou a reunião com os vereadores.

-Estamos realizando uma visita consultiva, através da Comissão de Saúde da OAB, para buscar informações concernentes à área da Saúde, para levarmos ao presidente e ao Conselho da OAB- afirmou Cleicione.

O presidente da Câmara, vereador José Luiz Vaneli, o Leiteiro, apresentou aos representantes da OAB alguns balancetes da Saúde e da OS Geração Semelhantes, obtidos através de pedidos de informação e do Ministério Público Federal. De acordo com o presidente, a Câmara vem recebendo inúmeras denúncias acerca da saúde municipal, que precisam ser investigadas pelos vereadores.

-Precisamos respeitar o posicionamento político de cada vereador, mas diante de tantas denúncias e inúmeros problemas na Saúde do município, não podemos nos calar. A investigação que propomos é pela busca da verdade. Por isso, é importante o comparecimento do secretário de saúde para nos prestar esclarecimentos. Indícios de irregularidades não comprovam nada, mas se não forem investigados, prejudicam tanto a população quanto o governo. Seria interessante que a prefeitura respondesse às nossas solicitações corretamente -   afirmou Leiteiro.

O presidente da Comissão de Saúde da Câmara, vereador Marcelo Borges, ressaltou a importância da instauração da Comissão Especial de Investigação para que a casa legislativa consiga mais informações.

-O plenário aprovou mais de quatro pedidos de informação relacionados à Saúde, mas o prefeito encaminhou documentos sem identificação, totalmente distintos do que foi solicitado. Enquanto isso a população continua sofrendo sem remédio, sem exame, com a falta de médicos nos postos. Estamos tentando dar uma resposta à população. O maior problema é a falta de informação – justificou Marcelo.

A respeito da rejeição do requerimento que solicita a convocação do secretário de saúde, o vereador Vicente de Paula Ferreira Júnior, o Pissula, acredita que não era necessária a convocação do secretário, pois o mesmo já compareceu à Câmara quando convidado.

- O secretário, assim que assumiu o cargo, compareceu a esta casa e afirmou que viria sempre que fosse convidado. Acho desnecessário expô-lo ao plenário. Me coloco à disposição para trazer o secretário novamente à Câmara – afirmou Pissula.

Para o vereador Luiz Furlani, autor do requerimento, a convocação de um secretário é prerrogativa do vereador e diferentemente de um convite, coloca obrigações para a autoridade convocada.

- Pedi a convocação do secretário para que ele responda esta quantidade de dúvidas que surgem diante de tantas denúncias e indícios de irregularidades. Ao vir por livre e espontânea vontade, o secretário pode se recusar a responder estas questões –  analisou Furlani.

O advogado Thiago Rocha afirmou que a OAB não pode ser omissa aos problemas da cidade e colocou a entidade à disposição no que possa colaborar.

O presidente da Câmara afirmou que o próximo requerimento de convocação a ser votado pelo plenário será para o comparecimento do diretor do Fundamp.

::: Sessões da Câmara

21 Nov 201907:00PM -
Sessão
20 Nov 201909:00AM -
Sessão
19 Nov 201907:00PM -
Sessão

::: Contato

(24) 3322-2652
(24) 3322-3752