A Câmara Municipal de Barra Mansa recebeu denúncias de possíveis irregularidades na aplicação das verbas destinadas à Saúde, pelas OSs (Organizações Sociais).

Entre as irregularidades contidas na denúncia de malversação do dinheiro público, há indícios de pagamento de altos salários e honorários, notas de compra de medicamentos superfaturadas e aluguel de carros com valores que fogem à realidade do mercado.

Foi requerida a formação de uma CEI – Comissão Especial de Investigação -, envolvendo os gestores e o próprio prefeito em crime de responsabilidade, caso as denúncias sejam confirmadas.

Até o momento somente cinco vereadores assinaram o requerimento para a formação da CEI: Luiz Furlani, Rodrigo Drable, Marcelo Borges, Denilson Câmara e o próprio presidente, José Luiz Vaneli, Leiteiro. São necessárias as assinaturas de 1/3 dos vereadores do total de 19. Ou seja, sete vereadores precisam assinar o requerimento para abertura da CEI.

É preciso que a comunidade procure o vereador que a representa e exija dele a assinatura. Afinal, legislar e fiscalizar não são méritos do vereador, mas apenas o cumprimento do dever de cada um. A Comissão é para apurar os fatos denunciados e dar uma resposta ao povo que sofre com  o atendimento precário da saúde pública.

A Câmara está aberta para acolher denúncias da população, das entidades de classe, das associações de moradores, enfim, da sociedade organizada que busca as conquistas populares.

“O povo está unido na busca da verdade e da transparência dos atos praticados pelos vereadores e a Câmara não vai se omitir da sua obrigação e responsabilidade”, disse Leiteiro.

 

::: Sessões da Câmara

22 Out 201906:30PM -
Sessão
15 Out 201907:00PM -
Sessão
10 Out 201907:00PM -
Sessão

::: Contato

(24) 3322-2652
(24) 3322-3752